Grupo Vocal Arte In Cena

 

 O Grupo Vocal Arte In Cena, vinculado ao Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, foi criado em 2003, por iniciativa da professora Maria Benigna Ferreira de Morais e é composto por alunos e professores do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli e pessoas da comunidade em geral. O Grupo nasceu dentro de uma filosofia cênico-musical e vem desenvolvendo seu trabalho com o intuito de integração de vários segmentos da arte, proporcionando a integração entre os participantes (consciência de grupo), o que contribuiu para formação de cidadãos mais interativos, participativos, sociais e solidários.O Grupo conta com uma banda composta por: saxofone, flauta, percussão, piano, violão, trompete.O Grupo passou a usar o nome de Grupo Vocal Arte In Cena a partir de 2004, no espetáculo Recortes da Arte Brasileira. Principais realizações na área culturalO Grupo em questão vem desenvolvendo trabalhos importantes desde o ano de 2003, a exemplo: ECOS DA MÚSICA NEGRA 2003 e 2004– Espetáculo Cênico-Musical que teve como objetivo principal o combate à discriminação racial através da divulgação da cultura negra. No ano de 2004, desenvolveu o trabalho RECORTES DA ARTE BRASILEIRA 2004– Espetáculo Cênico-Musical. Ambos os espetáculos foram apresentados em várias sessões na cidade de Uberlândia, bem como cidades vizinhas, sempre com sucesso absoluto de público. Em 2005, o grupo apresentou RECORTES DA ARTE BRASILEIRA 2 - 2005 – Espetáculo Cênico-Musical, dando continuidade ao trabalho anterior. Esse trabalho foi apresentado em Uberlândia por duas vezes devido ao grande sucesso, com estreia no Teatro Rondon Pacheco e reapresentação no Teatro da Estação Cultura. Continuando sua trajetória, em 2006 e 2007, o Grupo Vocal Arte In Cena dedicou-se à montagem do MUSICAL ANOS 60, 2006 e 2007 cujo gênero musical refere-se à música popular brasileira dos anos 60, interagindo teatro, música, poesia, expressão corporal (dança) e cinema, tendo como público alvo toda comunidade uberlandense, cuja faixa etária abrange desde crianças a idosos. O espetáculo em questão teve sua estreia em dezembro de 2006, no Teatro Rondon Pacheco, com sucesso absoluto de público, continuando sua temporada em 2007, tendo se apresentado em várias ocasiões, sempre com sucesso absoluto de público, o que demonstra uma excelente receptividade do Grupo pela sociedade em geral.Nesse trabalho, o Grupo Vocal Arte In Cena teve quase todos os arranjos musicais, compostos especialmente para o Musical Anos 60, por talentosos e importantes arranjadores, como Carlos Menezes Júnior, o saudoso Fanuel de Lima e Alexandre Zilahi. “Trajetória”, foi o espetáculo a seguir: 2008 e 2010 integrando também música, teatro, poesia, dança, artes visuais, (Poema visual, sem fronteiras), traduzindo o caminho percorrido pelo ser humano ao longo de sua vida, desde sua fecundação, passando pelos diversos sentimentos, aos quais será exposto ao longo de sua vida, deixando o seu legado.O que importa é o que fica, o que deixamos, “O corpo vai, e ficam os ensinamentos”. O trabalho conjuga as linguagens citadas anteriormente com a projeção de imagens no telão e no coro, artes visuais através do poema visual.Para esse trabalho, foram selecionados três grandes nomes da música popular brasileira: Chico Buarque, Gilberto Gil, e Milton Nascimento, o que vem valorizar e divulgar o trabalho de nossos artistas, nossa história da música popular.O espetáculo fez uma estreia no dia 17 de novembro de 2008, às 19:00h e às 20:30h no Teatro Rondon Pacheco, com sucesso absoluto de público. E o Grupo Vocal Arte In Cena apresentou novamente o trabalho no dia 5 de dezembro de 2010, às 19:00h e às 20:30h no Teatro Rondon Pacheco, também com sucesso absoluto de público e crítica.Dede 2011 o Grupo se dedica ao espetáculo Tons de Milton Nascimento.O Grupo em questão fez a estreia deste trabalho dias 14 e 15 de dezembro de 2011, no Teatro Rondon Pacheco, obtendo sucesso absoluto em suas apresentaçoes. Reapresentando em formato de recorte nos dia 16; 18; 23 e 25 de abril de 2012 em lugares alternativos.Sendo estes: 16-de abril- Casa da Cultura18 de abril- UNIPAC23 de abril- Conservatório25 de abril- Escola Municipal Ladário Teixeira.Mantendo o sucesso absoluto de público e buscando o que o compositor em questão diz” o artista tem de ir aonde o povo está”. O Grupo continua se dedicando ao Tons de Milton Nascimento pretendendo circular por Distritos e cidades vizinhas a Uberlândia- M. G.O trabalho foi entregue em mãos para o compositor Milton Nascimento em visita a Uberlândia-M.G. em maio de 2012. O Grupo Vocal Arte In Cena foi objeto de estudo em trabalho de conclusão de curso de alunos do Conservatório Estadual de Música Cora Pavan Capparelli, na disciplina Prática Profissional, ano de 2010. Devido a sua relevância para a comunidade Escolar e Uberlandense.O Grupo Vocal Arte In Cena foi citado como projeto de sucesso em matéria sobre os Conservatórios de Minas Gerais, intitulada: Conservatórios estaduais de música são polos de difusão do ensino de arte no interior do estadoO Grupo Vocal Arte In Cena já se apresentou diversas vezes em Uberlândia e em cidades vizinhas, contribuindo ao longo de sua trajetória para o engrandecimento da cultura de Uberlândia e região, pois acredita no “poder transformador da arte”.Maria Benigna Ferreira de MoraisFundadora, diretora geral e musical do Grupo Vocal Arte In Cena : mbenig@hotmail.com9176-8351 / 3216-5754

 

Telefone: (34) 3232-1530
Endereço:  Av. Afonso Pena, 3060 - Brasil, Uberlândia - MG, 38400-710
  • Facebook Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • Instagram Social Icon

© 2014 - Todos os Direitos Reservados - Conservatório Estadual de Mùsica Cora Pavan Capparelli